" Já passou, já passou. Se você quer saber, eu já sarei, já curou. Me pegou de mal jeito mas não foi nada, estancou. "

- Chico Buarque (via remanejar)

(Fonte: sintoso)

indubio:

preciousandfregilethings:

Richard Kalvar
Kids smoking at a canal.

.

indubio:

preciousandfregilethings:

Richard Kalvar

Kids smoking at a canal.

.

(Fonte: 2000-lightyearsfromhome)

tospellmyselfout:

Head like an ashtray, eh? I’m a mess.Anyone know this artist? 

tospellmyselfout:

Head like an ashtray, eh? I’m a mess.
Anyone know this artist? 

" Nas curvas do teu sorriso e na ternura do teu olhar virei poesia escrita sem tinta e sem papel, soprada ao vento como pétalas de sentimentos fragmentados que aprouve ao vento levar. No brilho dos teus olhos sou versos de um poema escrito na linha da saudade, declamado no azul do céu, nas flores do jardim, na melodia, na letra da canção, nos muros da cidade. Você me fez poesia impregnada no seu coração, no seu corpo, em seus pensamentos, no vento, nas tardes, nas noites frias. Entre o amor submergido e os versos não ditos, eu me perdi nas profundezas do teu olhar. "

- Goreth Maia. (via distanciarei)

(Fonte: aquarelismo)

" Mas, dá pra ver, nós seríamos um grande casal, você sabe, se houvesse alguma possibilidade. "

- Gabito Nunes.    (via inverbos)

(Fonte: s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

" Vasculhando nas memórias algum assunto, encontrei a carta que eu rabisquei na capa de um livro: “pra você”, era o destinatário. Não sei por que não mandei, talvez não quisesse passar a limpo o passado. Em letras garrafais eu te dizia: “acertei o caminho não porque segui as setas, mas porque desrespeitei todas as placas de aviso”. E achei curioso eu usar essa metáfora sem nem ao certo saber o que queria te dizer com isto. E depois de repousadas aquelas palavras eu percebi quanta coisa eu escrevi pra você, querendo dizer pra mim. Porque eu jamais chegaria aonde cheguei se só andasse em linha reta. Tive que voltar atrás, andar em círculos, perder dias, perder o rumo, perder a paciência e me exaurir em tentativas aparentemente inúteis pra encontrar um quase endereço, uma provável ponte: a entrada do encontro. Você tão ocupado com seus mapas, tão equipado com sua bússola, demorou tanto, fez sinais de fumaça e não veio. Você simplesmente não veio. Mas me ensinou a intuir caminhos certos, a confiar nos passos, a desconfiar dos atalhos. Porque eu estava do outro lado e só. Sem amparo. Mas caminhava. E você estava absolutamente equipado com seu peso. E impedido de andar por seus medos. "

- Marla de Queiroz.   (via inverbos)

(Fonte: recomendar)